O óleo de coco pode ser um grande aliado para quem procura cuidar melhor dos cabelos, e isso não é novidade. Afinal, com o passar do tempo, a fama desse segredinho de beleza acabou tomando o gosto de muitas pessoas. 

Tudo isso graças a uma série de benefícios do produto, que vai de uma simples diminuição de frizz até a melhora da circulação sanguínea no couro cabeludo. 

No entanto, como no caso de qualquer outro produto de beleza, é necessário estar atento às formas corretas de uso. Muito se fala de umectação noturna, ou seja, passar a noite com o produto. Porém, realmente pode dormir com óleo de coco no cabelo?

pode dormir com óleo de coco no cabelo

Foto: Reprodução

 

Neste post você vai conferir quais são as recomendações sobre esse método, que inclusive, aprovado inclusive pelos dermatologistas. Acompanhe! 

Benefícios da umectação noturna 

Hoje em dia tem se tornado cada vez mais raro encontrar umas horinhas na agenda para gastar em salões de beleza. Desse modo, nada melhor do que um truque para garantir bons resultados em um horário favorável em meio a rotina agitada. 

 

Por essas e outras razões, a umectação noturna tem atraído uma série de adeptas. Isso porque a reparação dos fios por meio da reposição de nutrientes é a alternativa perfeita para o dia a dia corrido das mulheres modernas.

 

Com a reparação os fios, eles não só são revitalizados com mais força e brilho, como também são crescem mais rápido. Para as cacheadas, esse processo é um grande aliado na manutenção dos fios, tornando-os mais definidos.

Cuidados necessários

Como toda receitinha de beleza caseira, a umectação noturna envolve uma série de cuidados para garantir bons resultados. Logo, é necessário estar atento a coisas como aplicação, frequência da prática e tempo de permanência do produto nos cabelos. Confira abaixo alguns cuidados extras para dormir com óleo de coco no cabelo sem se preocupar:

Proteja o couro cabeludo

A presença de muita oleosidade no couro cabeludo pode gerar um efeito contrário ao desejado. Problemas como caspa, coceira e queda de cabelo podem aparecer devido ao uso excessivo do óleo de coco, independente da composição. Nesse caso, recomenda-se a aplicação do produto dois dedos após o couro cabeludo, seguindo até as pontas. 

 

Evite excessos

Para usufruir dos bons resultados de fazer umectação noturna, é importante não exagerar. Basta uma aplicação por semana para começar a reparar nos resultados da prática. Lembre-se de que tudo em excesso faz mal, e isso também se aplica aqui.

 

Evite a exposição ao sol

Uma vez que o processo de umectação é feito no período da noite, essa recomendação pode parecer desnecessária. No entanto, diferentes de outros produtos químicos feitos para cabelos, os óleos vegetais como um todo não oferecem a proteção que o cabelo precisa para esses períodos. 

 

A exposição excessiva ao sol pode ressecar os fios, pois ele acaba absorvendo todo o calor. Nesse caso, o ideal é retirar bem o produto para evitar danos.  

Na dúvida, teste! 

Por fim, como cada organismo é um mundo e responde a cada produto de maneira específica, a melhor forma de comprovar a eficácia do uso do óleo de coco no cabelo é experimentando. Entenda seu tipo de cabelo e suas necessidades para utilizar o produto da melhor forma e usufruir dos benefícios. 

 

Confira mais dicas e curiosidades sobre o óleo de coco e acompanhe todas novidades sobre os produtos da Incoco em nosso blog